a minha dica é a dica de todos os meus professores: jejum é o melhor caminho para transtornos alimentares a quem já possui tendência ou histórico familiar (98% dos meus pacientes). A gravidade da coisa é tamanha, que tenho “curado” compulsão alimentar (não era compulsão, obviamente) ao ensinar as pessoas a simplesmente comerem – e comerem alimentos densos, capazes de ajudar no reequilíbrio dos neurotransmissores que estão enlouquecidos. Digo isso para que tu una o que tu disse ao que eu disse: o jejum te gera instabilidade interna e eu estou te dizendo que o jejum gera instabilidade interna. Então, eu imploro: coma. Coma ovos. Gorduras saturadas. Vísceras. Peixes. Folhas verdes. Folhas verdes. Folhas verdes. Coma quando sentir fome. Coma no mínimo três vezes ao dia. Refeições de verdade. Com oliva, manteiga, gordura de coco. Caso não funcione, pense seriamente em suplementações (não faça isso sozinha). Te ouve e coloca teu corpo acima do que os outros dizem. Isso inclui… Ler tudo »


Guía principal (125 páginas) con todos los aspectos teóricos necesarios para entender tanto el ayuno como la cetosis, pudiendo planificar así una buena dieta cetogénica. Cubrimos tanto la historia y usos iniciales como la evidencia científica más relevante, además de detallar los alimentos más recomendables. No queremos darte solo un plan cerrado, sino también el conocimiento adecuado para que puedas adaptarlo a cualquier caso.

8 semanas revision de la dieta ceto

×